MasterPiscinas

Como economizar e poupar água

Publicado por | Noticias | Comentar

Antes de anotar todas as dicas de economia de água é bom lembrar que a empresa responsável por tratar e levar a água para os moradores da cidade é a Sanepar. A água desperdiçada não pode ser aproveitada nem por você, nem pelos outros e nem pela Sanepar. Então quando alguém desperdiça todos perdem, inclusive a natureza!

Aqui você pode aprender a fazer a sua parte evitando desperdício e garantindo economia na conta de água!

É importante saber: Nas contas de água todo o volume registrado pelo hidrômetro é considerado consumo e esse aparelho apura estes três fatores:

CONSUMO EFETIVO – O que é percebido como consumo real. Varia de acordo com as necessidades em cada domicílio.

DESPERDÍCIO – Perdas voluntárias durante as atividades domésticas e causadas pelo mau uso da água e por maus hábitos.

VAZAMENTO – Perdas involuntárias, geralmente não aparentes, em torneiras, sanitários, caixas d’agua e outros.

Por isso é tão importante evitar desperdícios de água e reparar os vazamentos para conseguir reduzir os valores das suas contas.

10 DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA

Os dez mandamentos para economizar água:

1 – No Banho: Se molhe, feche o chuveiro, se ensaboe e depois abra para enxaguar. Não fique com o chuveiro aberto. O consumo cairá de 180 para 48 litros.

2 – Ao escovar os dentes: escove os dentes e enxágüe a boca com a água do copo. Economize 3 litros de água.

3 – Na descarga: Verifique se a válvula não está com defeito, aperte-a uma única vez e não jogue lixo e restos de comida no vaso sanitário.

4 – Na torneira: Uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto. Pingando, 46 litros/dia. Isto significa, 1.380 litros por mês. Feche bem as torneiras.

5 – Vazamentos: Um buraco de 2 milímetros no encanamento desperdiça cerca de 3 caixas d’água de mil litros.

6 – Na caixa d’água: Não a deixe transbordar e mantenha-a tampada.

7 – Na lavagem de louças: Lavar louças com a torneira aberta, o tempo todo, desperdiça até 105 litros. Ensaboe a louça com a torneira fechada e depois enxagueeconomia de água.fw tudo de uma vez. Na máquina de lavar são gastos 40 litros. Utilize-a somente quando estiver cheia.

8 – Regar jardins e plantas: No inverno, a rega pode ser feita dia sim, dia não, pela manhã ou à noite. Use mangueira com esguicho-revólver ou regador.

9 – Lavar carro: com uma mangueira gasta 600 litros de água. Só lave o carro uma vez por mês, com balde de 10 litros, para ensaboar e enxaguar. Para isso, use a água da sobra da máquina de lavar louça.

10 – Na limpeza de quintal e calçadas use vassoura: Se precisar utilize a água que sai do enxágüe da máquina de lavar.

Fonte/Sanepar

Como decorar meu jardim com pouco dinheiro

Publicado por | Noticias | Comentar

Quer dar um novo estilo ao seu jardim? Se precisa de algumas ideias para decorar ambientes de exterior, mas sem gastar muito dinheiro, chegou ao local indicado. Nós da Master Piscina  queremos ajudar você a personalizar seu jardim, para que tire o máximo proveito deste espaço da casa. O preferido de todos quando chega o bom tempo! De modo que pegue lápis e papel, porque vamos responder à sua pergunta: Como decorar meu jardim com pouco dinheiro?

Instruções

1. Não precisa ser experiente em bricolagem nem em decoração de exteriores, para decorar o jardim com pouco dinheiro. O segredo consiste em aproveitar os recursos que tem ao seu alcance. De modo que em umComo recomendamos que você brinque de reciclagem e utilize os restos de verduras, frutas, folhas e plantas, para fazer seu próprio adubo caseiro. Porque adubar as plantas com produtos caseiros é uma boa ideia para economizar em seu jardim

2. E na hora de escolher suas plantas e flores para decorar o jardim, nosso conselho é que compre plantas duradouras e que floresçam em diferentes ciclos. E neste sentido, não se esqueça também de ter em conta as características de seu jardim e também o clima de sua região, na hora de escolher as plantas mais adequadas.

3. Quer outra boa ideia sobre como fazer um jardim com pouco dinheiro? Em vez de utilizar os tradicionais vasos de barro, pode optar pela reciclagem e utilizar todo o tipo de recipientes, vasilha de plástico ou qualquer pote que já não precise. Mas antes de mais nada, não se esqueça de adaptá-los para que sirvam como vaso de barro, e lembre-se de limpá-los bem e fazer buracos na parte inferior.

4. Os artesanatos também são uma boa ideia para alegrar e decorar o jardim com pouco dinheiro, de uma forma muito criativa. Por exemplo: restaure algum móvel velho e utilize-o como decoração. Pense em todas essas coisas que tem em casa e já não utiliza, mas que podem ser úteis para decorar este espaço de sua casa.

post

5. Manter em bom estado seu jardim é outro requisito importantíssimo para economizar dinheiro. De modo que elimine as más ervas e as flores secas, regue com cuidado evitando as horas mais quentes do dia, e utilize nutrientes para suas plantas. Todos estes conselhos de limpeza e manutenção pouparão dinheiro na decoração do jardim.

 

Fonte: biomapaisagismo.com.br

 

Cabelos verde de piscina veja por que

Publicado por | Noticias | Comentar

Hoje vamos aprender como tirar o tom verde que fica nos cabelos loiros, quando entram em contato com a água da piscina. Pois no verão , nada melhor do que uma piscina mas ficar com os cabelos verdes ninguém quer não é mesmo?

Esta postagem surgiu para responder a dúvida da nossa leitora Ana Karina, que sempre acompanha o blog e deixou uma pergunta na Fan page do Aprendiz de Cabeleireira, sobre como tirar o tom verde dos cabelos loiros após a piscina.

Então iremos aprender tudo sobre o assunto , para você cuidar dos seus cabelos loiros, e deixá-los lindos neste verão.

Porque o cabelo fica verde na piscina?

O cabelos loiros ficam verdes porque reagem com o sulfato de cobre, que é uma substância usada para tratar a água da piscina!

Ao contrário do que se pensa não é o cloro que deixa o cabelo verde e sim o sulfato de cobre.

Como evitar que o cabelo fique verde ?

Para evitar que seus cabelos fiquem verdes ao entrar na piscina lembre-se de sempre aplicar um leavin com filtro solar antes de entrar na piscina, e também depois que você sair da água.

Mantenha o leavin sempre em sua bolsa, e reaplique várias vezes ao dia quando estiver se expondo ao sol , assim além de proteger de ficar com os cabelos verdes , você também os protege do ressecamento.

Como retirar o verde dos cabelos ?

Para tirar o tom esverdeado, você deve aplicar bastante leite integral nos cabelos secos, deixar por meia hora e depois lavar os cabelos com xampu e condicionador normalmente.

Algumas vezes esse tom não sai na primeira aplicação do leite, faça isto sempre que for lavar os cabelos, que em média com umas três aplicações o tom verde já sai dos cabelos.

Mais uma dica para tirar o esverdeado dos cabelos :

Outra dica para tirar o esverdeado dos cabelos mais rápido é aplicar um anti-resíduos nos cabelos, mas não exagere , pois pode ressecar, eu recomendo uma aplicação de anti-resíduos a cada 15 dias no máximo.

Aqui no blog tem uma receita de anti-resíduos caseiro, que resseca bem menos que os xampus anti-resíduos e pode ser usada neste caso , veja :

Anti-resíduos caseiro, como fazer!

Capriche na hidratação:

Após aplicar o anti-resíduos capriche na hidratação para evitar o ressecamento dos cabelos!

Vou deixar abaixo duas dicas de hidratações maravilhosas para vocês:

Hidratação para cabelos com luzes

Hidratação com glicerina

Dicas finais para tirar o esverdeado dos cabelos loiros :

No desespero de tentar tirar o tom esverdeado mais rápido muitas pessoas optam por passar outra tintura!

Nunca faça isto, tenha paciência, faça as receitas que ensinei e deixe o esverdeado ir saindo aos poucos!

Se você passar qualquer química para tirar o esverdeado vai danificar seus cabelos, e poderá ficar com um tom de loiro manchado ou muito diferente do que você queria.

Leia mais em : http://www.aprendizdecabeleireira.com/2013/01/cabelo-verde-por-causa-da-piscina-o-que.html#ixzz3hlAO9ucecabelo verde.fw

Barato sai caro!

Publicado por | Noticias | Comentar

Muitas vezes por questão de economia diminuímos o tempo de filtragem da piscina, só que essa economia pode custar muito caro.
Procure saber qual a vazão de filtragem do seu filtro, divida essa vazão pelo volume total de água da piscina, com essa conta você encontrara o tempo necessário mínimo de filtragem. Por exemplo seu filtro tem uma vazão de 5m³/h (5 mil litros por hora ), o volume de sua piscina é de 50m³ (cinqüenta mil litros) dividindo-se 50:5=10 , nesse caso seu filtro deveria trabalhar por no mínimo 10 hora. Muito tempo não é mesmo?? Nesse caso seu filtro esta dimensionado de forma errada. Ele devia ter uma vazão mínima 8,4m³ por hora para que pudesse se enquadrar na filtragem básica de 6 horas. Os filtro devem ser dimensionado para filtrarem no mínimo 100% do volume total de sua piscina em 6 horas, a partir daí tudo fica mais fácil, sua piscina ficara muito mais transparente.
Por outro lado, um filtro com vazão extremamente alta, deve ser bem pensando antes da aquisição, temos encontrado pessoas que dizem, por exemplo, terem um filtro que filtra o volume total da piscina em 1 hora, vejamos:
A piscina possui um volume de 40m³, o filtro tem uma vazão de 20m³ por hora, na teoria esse filtro trabalharia 2 horas para filtrar essa piscina. Correto? Na verdade esta errado, vejamos o porque:
Normalmente as tubulações de piscina possuem uma bitola de 1.1/2” de diâmetro, dentro dessa bitola conseguimos passar uma vazão de 15.000 litros por hora, se multiplicarmos 15 X 2=30, ou seja, com esse filtro conseguimos filtrar 30m³ em 2 horas e não 40m³. Para que conseguíssemos filtrar o volume total seria necessário no mínimo 3,20 Horas. Resumindo, é impossível filtrar um grande volume se sua tubulação não comportar esse volume.
Por isso aconselhamos a questionarem esses fatores na hora de adquirir seu filtro, ou antes, da construção de sua piscina. Nunca se esqueça “Filtragem deficiente é sinônimo de água ruim”.
menu-filtro.fw

Como decorar o jardim segundo o Feng Shui

Publicado por | Noticias | Comentar

O Feng Shui oferece múltiplas premissas milenárias para atingir o equilíbrio da energia na casa, e o jardim dela também é parte disso. Pode ser que não dê importância, mas a verdade é que desde o tipo de plantas que você planta no jardim até a localização das mesmas podem influenciar diretamente no seu equilibro energético. Para que tudo flua corretamente, neste artigo dizemos a você como decorar o jardim segundo o Feng Shui.

Instruções

1. O primeiro que deve considerar para decorar o jardim segundo o Feng Shui é que esta técnica milenária estabelece que o jardim deve ser um lugar onde prevaleça a harmonia. Para conseguir isso é indispensável que o centro do seu jardim não tenha plantas, bancos, árvores ou qualquer outro elemento: o ideal é que esteja totalmente vazio para que a energia circule livremente.

post

2. As pedras são elementos muito positivos para decorar o jardim segundo o Feng Shui, já que têm baixa energia e se conectam muito bem com flores, plantas e terra. O ideal é colocar caminhos de pedras para que prevaleça a ordem e o sentido dos elementos e evitar colocá-las à toa ou sem nenhum tipo de utilidade.

post

3. As fontes de água são ideais para decorar um jardim segundo o Feng Shui, já que permitem equilibrar o Chi através do elemento da abundância. Isso sim, a água deve estar fluindo constantemente, nunca deve ter água estancada ou suja pois contamina a energia. Para evitar isso, também deverá recolher os restos e folhas de plantas que possam cair na fonte.

post

4. Decora seu jardim segundo o Feng Shui com plantas verdes, mas também com muitas plantas florais. Ainda que não acredite, a cor das flores das plantas pode intervir na energia que atrai para sua casa. As flores brancas são perfeitas para atrair pessoas úteis, enquanto as rosas e vermelhas propiciam o romance. As flores azuis ou violetas são usadas para criar ou manter a riqueza da alma.

5. Na decoração do jardim segundo o Feng Shui existe um aspecto muito importante a considerar: o espaço não deve ter um aspecto quadrado e não devem prevalecer as linhas retas. O ideal é criar jardineiras ou cultivar as plantas de forma que, ao olhar, você perceba ondas ou linhas curvas, que permitam que a energia circule perfeitamente pelo espaço.

6.
 As plantas de um jardim decorado segundo o Feng Shui devem ser muito versáteis. Podem ser brilhantes ou opacas, altas ou baixas, mas devem estar colocadas de forma que o jardim pareça diferente em qualquer lugar que olhar. Além disso, você deve ter sempre plantas saudáveis, por isso é recomendável plantar vários tipos que floresçam em diferentes estações para que o jardim tenha vida o ano inteiro.

7. Se em seu jardim também planta frutas ou legumes usados para cozinhar, é necessário colocar uma horta em uma parte isolada e específica de seu jardim. Para o Feng Shui são dois espaços totalmente diferentes e devem ser mantidos separados.

8. Se o uso que quer dar ao seu jardim é o de receber os seus convidados, é importante que os móveis usados sejam de madeira. Assim você poderá incorporar este elemento no jardim e manter o equilíbrio do Chi no espaço, conjugando perfeitamente os elemento da terra, água, e fogo.

 

Fonte: hogartotal.imujer.com

Bicarbonato de sódio para limpeza

Publicado por | Noticias | Comentar

Não pense que o bicarbonato de sódio é essencial apenas na cozinha, com a fermentação de bolos. Ele também pode ser um grande aliado na limpeza da casa. Assim como o vinagre e a pasta de dente, o bicarbonato pode ser usado em vários momentos na faxina, para remover manchas e desentupir a pia, por exemplo. Mas, antes de passar no supermercado para comprá-lo, confira abaixo que ele é capaz de fazer:

1. Remover manchas de panelas
Sempre que a receita pede que você aumente o fogo, você já pensa que isso vai deixar as panelas manchadas? Acredite, o bicarbonato pode acabar com esse impasse. Basta colocar um pouco do pó em uma esponja úmida com detergente e esfregar na área queimada. O mesmo procedimento vale para limpar as peças de inox do fogão. Mas, se mesmo assim a mancha permanecer, misture o bicarbonato com água quente e cubra a panela, ou assadeira, e deixe agir por 10 minutos. Depois de esfriar, lave a peça com a mistura de detergente e bicarbonato.

2. Limpar paredes rabiscadas e rejuntes
As crianças fizeram “obras de arte” na parede do quarto com lápis de cor? Adicione o bicarbonato em uma esponja úmida de água e esfregue de maneira delicada. Para clarear os rejuntes, misture o pó em água oxigenada e limpe a sujeira com uma escova.

3. Desgrudar restos de comida
Se você tem preguiça de assar uma lasanha bem recheada com bastante molho e queijo pela dificuldade de lavar a assadeira depois, o bicarbonato resolve esse problema para você. Antes de lavá-la, adicione a mistura de água quente e bicarbonato no interior da travessa. Deixe descansar por alguns minutos. Quando esfriar, lave normalmente com detergente.

4. Acabar com o chulé
Difícil aguentar o cheiro de chulé dos meninos depois que eles chegam do futebol? Durante a noite, espalhe o bicarbonato no interior dos sapatos e deixe-os descansar. Na manhã seguinte, retire o que sobrou do pó e limpe os sapatos com um pano seco.

5. Desentupir a pia
O produto acaba com o excesso de gordura e restos de comida que entopem a pia da cozinha. Para isso, jogue diretamente no ralo uma mistura de 200 ml de vinagre, água e bicarbonato de sódio. Vale fazer as aplicações frequentemente.6. Lavar as roupas
Para acabar com aquele cheirinho de suor das roupas, faça uma mistura de bicarbonato e pouca água – até formar uma pasta – e espalhe pela peça, principalmente nas áreas das axilas. Espere alguns minutos e lave normalmente em seguida. Antes de fazer a aplicação em roupas coloridas, faça um teste no verso da roupa para ter certeza que o tecido não mancha.

6. Lavar as roupas
Para acabar com aquele cheirinho de suor das roupas, faça uma mistura de bicarbonato e pouca água – até formar uma pasta – e espalhe pela peça, principalmente nas áreas das axilas. Espere alguns minutos e lave normalmente em seguida. Antes de fazer a aplicação em roupas coloridas, faça um teste no verso da roupa para ter certeza que o tecido não mancha.

7. Eliminar o mau cheiro da geladeira
Coloque meia xícara de chá de bicarbonato em um pote aberto e guarde-o dentro da geladeira. Só cuidado para não derrubar o conteúdo quando for pegar algo e renove o pó a cada três meses. O mesmo procedimento pode ser feito em armários e guarda-roupas.

8. Limpar colchões e paredes
Os ácaros estão em toda a parte, incluindo colchão, travesseiros, sofás e tapetes. Para limpá-los, espalhe o bicarbonato pela superfície da peça e deixe agir por 10 minutos. Em seguida, retire o excesso com um aspirador de pó ou escova.

9. Eliminar manchas de café dos utensílios
Depois do almoço, nada melhor que um cafezinho, certo? Mas retirar as manchas de café do bule, ou do filtro da cafeteira, não é tarefa fácil. Para isso, encha o recipiente com água e 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, fervendo por 10 minutos. Depois de esfriar, lave normalmente.

10. Dar brilho nas torneiras
Para conseguir torneiras, chuveiros e sifão brilhantes, aplique o bicarbonato em pano úmido e esfregue nos metais. Finalize a limpeza com um pano seco.

11. Tirar manchas do carpete
Resolveu almoçar na sala e acabou derrubando um pouco de óleo no sofá? Ou não sabe como remover aquela mancha de gordura do carpete? Faça uma mistura de bicarbonato de sódio com álcool e, com uma escova, esfregue a solução na área afetada. Enxague com água.

12. Deixe os panos de limpeza branquinhos
Utilize também o bicarbonato para limpar as escovas e panos de limpeza que você usou nos itens acima. Deixe-as de molho em uma mistura de água e bicarbonato durante toda a noite. Enxague na manhã seguinte.

Fonte/casajardim

Como iluminar meu jardim

Publicado por | Noticias | Comentar

O jardim é uma das áreas de nossa casa mais especiais. No verão, transforma-se em um dos lugares mais importantes, onde desfrutamos de um churrasco, de uma reunião com amigos ou de nossa leitura favorita. Para fazer do jardim um lugar ainda mais especial, você pode jogar com a iluminação. Neste artigo, explicamos como iluminar o jardim com alguns conselhos.

Instruções

1. Em primeiro lugar, é preciso identificar bem as diferentes áreas que deseja iluminar. Para isso, você deve visualizar o jardim dividido por ambientes: pense se deseja ter uma área de trabalho, uma de lazer, uma de decoração, etc., e em função disso, jogará com as luzes iluminando de forma diferente para separar bem os espaços.

2. Para iluminar o seu jardim, você também pode realçar a entrada do mesmo, de tal maneira que separe claramente com a luz dando a entender que se trata de uma área independente da casa.

3. Se o jardim tem grandes dimensões, podem ser criados ambientes diferentes com a luz. No caso de ter uma churrasqueira, é possível iluminar esta área com mais luz que a área de descanso ou chill out, onde a luz necessária poderá ser mais sutil e tênue. E o efeito que criará será: área de trabalho ou área de lazer.

4. Se tiver elementos naturais em seu jardim, como pedras, árvores ou flores, estas ficarão muito bonitas se forem iluminadas. Podem ser usadas lâmpadas especiais penduradas na copa da árvore. No verão, o efeito que causará entre seus convidados será mágico.

5. Você também pode jogar com o efeito que provocam as sombras ao iluminar seu jardim. Desta maneira, pode criar diferentes ambientes mais cálidos ou mais sutis em função da iluminação. Descubra o jogo que as sombras proporcionam!


Fonte: neetguias.net

Como é um jardim sustentável

Publicado por | Noticias | Comentar

Há dois tipos de jardins: o convencional e o sustentável. Neste caso mostramos como é um jardim sustentável. Atualmente estão ocorrendo muitas mudanças em nosso mundo, como as mudanças climáticas, o desaparecimento de recursos naturais, o buraco da camada de ozono, entre outros. Ainda é muito difícil mudar esta situação, mas cada pessoa pode contribuir com seu grão de areia para diminuir o impacto ambiental. Por isso, propomos fazer uma mudança em sua casa, descubra como é um jardim sustentável e faça um em sua casa.

Instruções:

1. O primeiro passo é saber diferenciar um jardim sustentável de um jardim convencional. Pois bem o jardim convencional é aquele que se preocupa principalmente e unicamente com a estética. Seu objetivo é que seja bonito. Não tem em conta fatores como a economia de recursos, utilizar e potenciar os materiais reciclados, a forma como as plantas crescem e se adaptam ao lugar (meio ambiente), o método de regar, entre outros detalhes.

2. Por outro lado, o jardim sustentável tem também em conta a beleza, a estrutura, mas o importante é que seja feito mediante a adaptação das plantas ao meio ambiente. Por sua vez, materiais reciclados são usados e a economia de recursos está muito presente. Todos estes elementos juntos constituem um jardim sustentável.

post

3.Como você já sabe o que é, explicamos agora onde pode ser criado. Muitas pessoas pensam que se não tem um jardim ou terreno não pode dispor de um jardim sustentável. Mas a realidade é que não é necessário um espaço grande. Com um cantinho já é mais que suficiente para criar o jardim sustentável. Se você vive na cidade pode aproveitar a varanda e criá-lo ali mesmo com alguns vasos de barro.

4.O que é necessário fazer para que o jardim seja sustentável? É só seguir cinco passos:

  • Primeiro adapte ao máximo ao clima e ao solo. Isto é, escolha plantas que possam ser adaptadas ao clima onde você vive e ao tipo de solo existente.
  • Segundo, não gaste mal a água. Aproveite ao máximo a água da chuva e aplique um método de irrigação que seja eficiente.
  • Terceiro, reutilize e recicle tudo que puder. Como por exemplo os resíduos. Tente gastar o mínimo de recursos energéticos e produzir o mínimo de resíduos
  • Quarto, é muito importante que promova a diversidade.
  • E por último, utilize ao máximo tanto os recursos próprios como os alheios.

post

 

Fonte: decorarsustentavel.blogspot.pt

Como instalar um chuveiro no jardim

Publicado por | Noticias | Comentar

Muitas casas não contam com uma piscina ou estão bem longes da praia. Mas se sua casa conta com um jardim ou pátio, propomos uma solução para que possa se refrescar bastante. Neste artigo explicamos como instalar um chuveiro no jardim. É simples, prático e econômico. Só precisa adquirir um chuveiro de exterior e um pouco de tempo.

Instruções

  • Escolha o modelo de chuveiro de jardim. Em uma loja de bricolagem ou decoração, inclusive em alguns supermercados, encontrará diversos chuveiros de exterior. Existem diferentes tipos: alguns com pé, outros para a parede… Selecione o estilo mais adequado para seu jardim ou terraço e realize esta simples instalação. Nos seguintes passos explicamos como instalar um chuveiro no jardim enganchado na parede com pregos.

  • Tomada de água. Em primeiro lugar você deve procurar a localização para o chuveiro no jardim. Este deve ser colocado perto da mangueira, pois será o lugar onde enroscaremos o chuveiro para poder tomar banho. Para evitar que entre a mangueira e o chuveiro ocorram filtragens, coloque uma junta de vedação.

  • Após colocar a junta, uma peça redonda que encontrará em qualquer loja de ferragem, deverá unir os dois mastros. O da mangueira com o do chuveiro, para que ocorra a passagem de água ao abrir a torneira da mangueira.

  • Colocar o chuveiro. Estes chuveiros de exterior costumam ter um suporte longo que deve ser colocado no solo. Pode cravá-lo em uma base, ou se já conta com um jardim, pode cravá-lo no solo. Recomendamos que coloque uma grade de madeira, plástico ou grama artificial no solo, assim evitará deslizamentos enquanto se refresca em seu chuveiro.

  • Uma vez colocado o chuveiro, pode fixar na parede para que fique mais preso e não caia, por exemplo, no caso de muito vento. Para isso precisará apenas de um suporte. Meça a espessura do cano para saber de que calibre devem ser os suportes. Assim, poderá comprar as peças mais adequadas em sua loja de ferragens.

  • Marque na parede uma linha vertical onde será fixado o chuveiro. Depois, com a ajuda de uma perfuração, faça dois buracos para poder cravar os suportes na parede. Recomendamos que a perfuração esteja no modo de percussão.

  • A seguir, use um martelo para introduzir os tacos que cravarão o chuveiro e aparafuse os suportes na parede. Para aparafusar, aconselhamos usar a furadeira, será mais rápido. Mas neste caso não a use em modo de percussão.

  • Encaixe bem o chuveiro nos suportes e no solo e ligue o acessório da mangueira. Quando tiver comprovado que o chuveiro funciona corretamente e que a instalação foi um sucesso.

  • Com esta simples instalação e este prático chuveiro de jardim, quando acabar o verão, poderá guardar comodamente o chuveiro e deixar preparada a parede até à próxima temporada. Assim, conservará o aparelho durante mais tempo e em perfeito estado. Refresque-se!

Fonte: blog.habitissimo.es

Como detectar vazamentos de piscina

Publicado por | Noticias | Comentar

Você possui uma piscina em casa e acha que ela está com algum vazamento? Saiba como detectar e solucionar vazamentos de piscina. Possuir uma piscina em casa é uma ótima opção para o lazer da família e dos amigos, porém possuir uma piscina exige cuidados e atenção para alguns detalhes.

Vazamento de piscinaAlém da manutenção de limpeza que a piscina deve passar periodicamente, você também deve se atentar se ela costuma esvaziar rapidamente. É normal que as piscinas percam água de uma forma natural, por causa da evaporação devido ao clima. Porém, se você notar que precisa enché-la constantemente, pode ser que ela esteja com algum vazamento.

Como descobrir vazamentos de piscina
Para descobrir se a sua piscina está com algum vazamento, existem algumas dicas que você pode seguir. Você mesmo pode verificar se a piscina possui algum vazamento, mas vale lembrar que mesmo após realizar as dicas se você ainda não tiver certeza sobre o vazamento, é importante que você chame uma empresa especializada. Para tentar descobrir vazamentos de piscina siga alguns passos:

1-Marque o nível de água com fita adesiva: meça a distância da água até a borda utilizando uma fita métrica ou uma régua. No outro dia meça novamente, confira quanto de água foi perdida, se for maior que 3mm provavelmente a piscina está com algum vazamento.

2-Teste usando um balde: coloque um balde com água no último degrau da piscina, o balde deve ser cheio até chegar aproximadamente 3 cm da borda e a filtragem deve ser desligada. Depois marque o nível de água dentro e fora do balde, certifique que os níveis de água sejam os mesmo dentro e fora do balde. Após 24 horas meça novamente os níveis, se do lado externo do balde houver uma queda maior do que no interior do balde, isso quer dizer que a piscina perdeu um nível maior do que deveria perder. O lado interno do balde indica a evaporação normal que a água sofre, então se o lado de fora consta maior perca, pode ser que a piscina possua um vazamento.

20150209-teste-vazamento-piscinaimagem128

 

 

Fonte: dwarfadam.com